Márvio Lucio

Radialista, humorista, apresentador e pai nas horas vagas...

AUDIÊNCIA

Faça o download da versão completa do relatório.

CRESCIMENTO DE FÃS NA PÁGINA

CURTIR E CURTIR (DESFAZER)

ORIGEM DAS OPÇÕES CURTIR

# ORIGEM NÚMERO
1 Na Página 53994
2 Recomendações do Facebook 28423
3 Celular 19047
4 No pop-up 12599
5 Resultados da busca 397

CRESCIMENTO DE FÃS NA PÁGINA

SOBRE SEUS FÃS

MAIOR FAIXA ETÁRIA DA FANBASE: 18-24
A maior parte da sua fanbase está entre 18 e 24 anos, representando 41% do total.

DIVISÃO ENTRE HOMENS E MULHERES:

70%
30%

CIDADES COM MAIS FÃS

# CIDADE FÃS
1 São Paulo 235344
2 Rio de Janeiro 160085
3 Fortaleza 47553
4 Curitiba 43482
5 Belo Horizonte 41261
6 Manaus 34220

SOBRE USUÁRIOS ALCANÇADOS

MAIOR FAIXA ETÁRIA DA FANBASE: 18-24
A maior parte da sua fanbase está entre 18 e 24 anos, representando 41% do total.

DIVISÃO ENTRE HOMENS E MULHERES:

70%
30%

CIDADES MAIS ALCANÇADAS

# CIDADE FÃS
1 São Paulo 235344
2 Rio de Janeiro 160085
3 Fortaleza 47553
4 Curitiba 43482
5 Belo Horizonte 41261
6 Manaus 34220

PERSONAGENS

"O personagem sempre chega antes, é como se fosse um pássaro, é uma chave de liga e desliga, ele é automático, é uma coisa de olhar e derepente, sem querer, você fala parecido com aquela pessoa."

SOBRE


Márvio sempre foi esperto e descobriu, ainda moleque, que botando as roupas da mãe e montando shows para a família, conseguia um trocado para comprar sanduíche na escola.

A escolha por comunicação foi natural no vestibular, e logo veio o convite para estagiar na Jovem Pan. Já sonhando em participar do Pânico, enviava piadas para Emílio, que agradecia ao vivo. Até que um dia foi convidado para integrar o elenco da Jovem Pan paulista. Ele nasceu em Niterói, mas foi em São Paulo que se transformou no Carioca, que fez do Pânico sua família e comprovou a intuição de que dava para viver de fazer os outros rirem.

5 anos após sua chegada, a trupe estreou na televisão, e aí o Brasil parou para ver o talento do moço que encarnava, em imitações impressionantes, famosos de todos os tipos. Virar outra pessoa, estudar os detalhes, construir expressões, gestos e tiques é um trabalho de meses, que busca encantar a plateia. O apego sentimental é tanto que às vezes o próprio artista acredita ser seu personagem.

Foi assim com Lulu Santos, Amaury Jr., Dilma, Felipão, Zeca Camargo, Boris Casoy e Boechat, entre tantos outros.

Porém Carioca não gosta de ficar parado, quer mesmo é criar, pensar no próximo desafio. Nessa rotina alucinada de programas ao vivo, na rádio e na TV, Carioca ainda faz questão de participar ativamente da criação e da execução de pautas e sabe tudo que acontece no país. Nos raros momentos de folga com sua mulher, Paola e os filhotes Nicolas e Lorena, Márvio pesquisa as últimas do mundo da tecnologia, torce para o Botafogo, discute sobre política e filma a vida lá de cima, com seus drones.